ASSOJUBS - Associação dos Funcionários e Servidores do Poder Judiciário da Baixada Santista e Litoral Sul
Michel Iório Gonçalves
   
 

Diretoria:

Presidente: Michel Iorio Gonçalves 
Vice-presidente: Luiz Tadeu Milito
Secretária-geral: Regina Helena Assis
Tesoureiro: Adelson Pereira Gaspar
1º Secretária: Claudia Damião Lopes de Almeida
1º Tesoureiro: Laércio Armesto
Diretor Jurídico: Nicolas Madureira Barbosa
Diretor Planejamento e Infraestrutura: Luís Fabiano Mendes
Diretora Organização Política e Sindical: Catarina Lutfi Morgado
Diretor Comunicações: Fabio Gomes Ribeiro
Diretora Convênios: Gisele Alonso
Diretor Esportes: José Carlos dos Santos
Diretor Social e Cultural: Eduardo Alexandre Teixeira Requejo
2ª Suplente: Fernanda Copelli Vilas Boas Pimentel 

.
  ASSOJUBS - Associação dos Funcionários e Servidores do Poder Judiciário da Baixada Santista e Litoral Sul
 

Av. São Francisco, 276/278, Centro, Santos - São Paulo - CEP 11013-202 - Fone (13) 3223-2377

  assojubs@gmail.com
  www.assojubs.org.br
   



Em 1988, um grupo de servidores e funcionários do Judiciário Paulista na Baixada Santista discutiu a necessidade de construir uma entidade que representasse a categoria dos funcionários públicos do Poder Judiciário do Estado de São Paulo baseada nos princípios da defesa dos trabalhadores, no companheirismo e na independência de suas ações.

As discussões evoluíram para a prática. E no dia 7 de dezembro de 1988 foi realizada uma reunião com a presença de 96 funcionários de diversas categorias do Fórum de Santos que, após calorosos debates, decidiram, por aprovação unânime, pela criação do Sindicato dos Funcionários do Poder Judiciário da Comarca de Santos.

Ao longo do tempo, a categoria entendeu que a entidade deveria também atuar na área social, contribuindo para auxiliar os funcionários e servidores nas questões assistenciais (médica, odontológica, psicológica, jurídica), serviços de consumo e descontos ligados ao comércio.

Em 1 de agosto de 1993, o Sindicato dos Funcionários e Servidores do Poder Judiciário da Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira passaria a ser denominado Associação dos Funcionários e Servidores do Poder Judiciário da Baixada Santista e Litoral Sul – Assojubs, uma alteração necessária em virtude da legislação que rege as organizações sindicais e trabalhistas.

A partir de junho de 2004, consolidou-se um processo de fortalecimento da solidariedade dentro da categoria, principalmente após o grande movimento grevista daquele ano. Entre as modificações importantes durante esse período está a reforma do Estatuto da associação, resultado de um amplo processo de discussão coletiva, na qual a Asssojubs ampliou a sua área de atuação para todo o Estado e modernizou seu funcionamento. Hoje, a denominação correta é Associação de Base dos Trabalhadores do Judiciário do Estado de São Paulo.

A Assojubs tem por finalidade lutar para que os trabalhadores do judiciário se organizem e se unam na busca de uma progressiva e constante melhora em sua condição econômica, social, cultural e política. Sua estrutura física é composta pelas sedes em Santos, São Vicente, São Paulo e um clube de campo em Pedro de Toledo, litoral sul de São Paulo.

Entre as principais conquistas da categoria, está o cumprimento da data-base desde a greve de 2010, quando a Assojubs teve papel fundamental naquele movimento. Contribuição para a elaboração e implementação do Plano de Cargos e Carreiras. Atualmente, a principal luta da associação é pelo cumprimento total da data-base, o pagamento dos atrasados (4,77% de 2010, 1,5% de 2011 e 1,18 de 2015), majoração do auxílio saúde e a defasagem histórica.

A Assojubs é filiada à CCM Iamspe e Fórum Sindical Classista.




Notícias Relacionadas

1 - Nota de esclarecimento sobre o PL 827/2016
2 - Dia de Luta é marcado com grande mobilização em SP
3 - Campanha Salarial e Reforma da Previdência são discutidas com o TJSP
4 - Ministério do Trabalho lança revista sobre Reforma Trabalhista